Você quer lançar a sua empresa no mundo digital e não sabe por onde começar? Conheça um pouco mais sobre as ferramentas disponíveis para engrenar suas vendas.

Dentro da era digital, muitas ferramentas ajudam a empreendedores, como você, a venderem mais na internet. Diferente do marketing tradicional, há muitas vantagens de se investir em campanhas para mídias online.

Para se ter uma ideia, segundo pesquisa do IBGE, cerca de 138 milhões de brasileiros possuem smartphones, sendo 71% da população. Agora imagine, você tem um modelo de negócio inovador com todo o potencial para expansão.

Então o que está esperando para investir em mídia online? Separamos as melhores ferramentas para lançar suas campanhas de marketing e decolar a sua marca.

  1. Site

Muitos empreendedores começam criando seu pequeno negócio e utilizam primeiramente o Facebook como canal de contato para captar novos clientes.

Entretanto, o usuário é acostumado a buscar sobre determinados serviços ou produtos em diversos canais, e o mais frequente são os sites. Um site com boa aparência, que funcione bem e que seja responsivo traz confiança ao visitante.

E o resultado é maior número de interessados em ter contato posterior com a empresa. Por isso, é fundamental incluir esse canal no seu plano de sucesso.

  1. Facebook

Esse não pode ficar de fora. O Facebook é a maior rede social da atualidade com 2,072 bilhões de usuários ativos por mês, segundo anúncio da própria empresa publicado pelo Estadão.

Aproximadamente metade das pessoas do mundo estão conectadas ao Facebook.

É um ótimo local para conseguir novos clientes, não é? Mas atenção! Nas últimas atualizações lançadas, está cada vez mais difícil adquirir novos leads por tráfego orgânico (não pago).

Dessa forma, quem está começando precisa entender que separar valores para impulsionar algumas campanhas será indispensável.

  1. Instagram

Parceiro do Facebook, o Instagram agora é o queridinho de todos. Como a segmentação de público no Facebook ficou mais difícil, muitas empresas migraram para o Instagram.

Isso o tornou mais popular, tanto pelo público quanto pelos empreendedores. Mas o que difere o Instagram das outras mídias sociais é que ele possui mais imagens e menos textos.

Por isso, quanto mais interessantes e atrativas as fotos, maior será a quantidade de seguidores.

  1. Google Ads

Você quer estar no top do Google? Isso é possível graças aos serviços de anúncios de campanhas do Google Ads.

Essa ferramenta trabalha igual a um leilão, e os itens leiloados são as palavras. Isso mesmo, você seleciona termos chave que são importantes para encontrar sua empresa, seus produtos e serviços.

Para facilitar o entendimento funciona assim:

  1. Seu cliente pesquisa no Google pelo seu principal produto.
  2. A sua empresa aparece nas primeiras posições, com bastante evidência, fazendo com que muito provavelmente seu cliente clique e acesse seu site.
  3. Agora que o cliente está dentro do seu site, basta deixar suas informações bastante claras, para ele entrar em contato e comprar de você.

Por isso, a lógica do Google Ads é você construir as campanhas e anúncios com base nas palavras que tem a mais ver com o seu negócio.

  1. SEO

Além dos anúncios do Google Ads, tem outra forma de atrair novos usuários para o seu site.

Resumidamente, você utiliza as palavras mais pesquisadas nas buscas pela internet e cria conteúdos relacionadas a esses temas.

Parece simples, mas é muito complexo. Não só as palavras são levadas em consideração, mas a quantidade de links dentro desses artigos, a sua estrutura técnica, taxa de rejeição, tempo da página.

Investir em SEO demanda mais tempo que outros meios. Mas o resultado a longo prazo é ótimo.

Com um número alto de visitantes, você consegue diminuir custos de tráfego pago aos poucos. Demora muito? Sim. Vale a pena? Com certeza!

  1. Loja virtual

Quer vender seus produtos pela internet? Então um e-commerce é o produto ideal.

O empreendedor de sucesso investe na criação de uma loja virtual. Sabe o motivo? O custo x benefício é muito maior.

Os custos de criação e manutenção de uma loja virtual são bastante acessíveis e o mercado muito promissor.

Olha só, com todas as ferramentas anteriores que citamos, uma loja virtual pode superar o volume de vendas de uma estrutura física.

  1. Blog (dica extra)

Por último, vamos conversar sobre o Blog.

A primeira pergunta que vem à cabeça é: se eu já tenho um site, por que preciso de um blog? Bom, é por causa do tópico 5.

Um site normalmente funciona igual a um catálogo. Você apresenta soluções para as dores do seu futuro cliente.

Mas os textos presentes na descrição desses produtos ou serviços não variam. Logo, você sempre dependerá de pessoas que buscam informações referentes aos seus produtos, perdendo a maior parte da fatia de mercado.

Trabalhando com conteúdos relacionados à área, você pode atrair mais usuários. E o que é melhor, levar os indecisos a tomarem a decisão de contratar os seus serviços.

Implementar todas essas ferramentas exige conhecimento e, sobretudo, equipe especializada.

Por isso, muitos empreendedores buscam serviços de agências de marketing digital e criação de websites.

Se você também tomou essa decisão, temos alguns insights para ajudá-lo a escolher a melhor agência para criar o seu website.